Teorias ⚖ ➠ Sal Grosso e Sal Refinado 🥄

Teorias ⚖ ➠ Sal Grosso e Sal Refinado 🥄

Hey Foodie, tudo bom?

O sal é uma das receitas mais utilizadas do mundo. Nós conhecemos tanto sobre ele, mas será mesmo que conhecemos tanto assim?

A Help Cozinha decidiu por mais uma vez inovar o seu cardápio trazendo a você uma das questões que mais causam.
Sabemos que há milhares de sais estão espalhados mundo a fora, e por esse motivo trouxemos a você dois dos sais mais usados pela nação brasileira e pelo resto do mundo. E se você deseja se tornar uma chefe ou apenas cozinha por hobby, você precisa saber da diferença desses sais. Além do mais, é super importante ficar a dentro de tudo que você prepara em sua cozinha, não é verdade?

Como sempre dizemos aqui no blog, as atualizações estão sendo feitas, novas receitas estão surgindo e isso tudo por milhares de pessoas. Hoje mesmo alguém cria uma nova receita. E todas essas receitas e atualizações serão feitas para você. Acompanhe todas aqui no HC e prepare-se para chegar cada vez mais perto de tornar-se um chefe de cozinha.

Com certeza essas perguntas já passaram por sua mente: “Como é feito o sal de cozinha?” “Porque parecem pequenos cristais?” e entre outros diversos questionamentos.

O sal de cozinha está sempre presente em nosso dia á dia, já virou até um fato. O utilizamos tanto, por que não aprendermos sobre ele? Não é apenas utilizado para ingredientes salgados, você sabia? O sal também é usado para balancear uma receita que é muito doce, uma pitadinha dele equilibra tudo:

Mas de fato, sabemos para que o sal é feito, que é salgar receitas, porém, o que seria ele? Fora dessa concepção, ele serve apenas para salgar alguma receita? Por que é tão semelhante aos cristais?

“Em química, um sal é um composto que em água se dissocia num cátion diferente de H⁺ e um ânion diferente de OH⁻. Eles são tipicamente o produto de uma reação química entre: Uma base e um ácido: forma-se um sal e água.”.

Mostraremos a você as duas diferenças entre o sal grosso e aquele fininho que sempre é utilizado por nós.

  • SAL REFINADO

Precisamos entender que qualquer sal de cozinha, mesmo se forem de origens diferentes, ele será considerado refinado quando passar por um processo de lavagem, moagem, centrifugação e depois secagem em temperatura elevada. Logo após desse processo, através da peneiração, as “impurezas” são separadas e retiradas.

Depois são adicionados outros compostos para estabilização, coloração e antiumectantes para torná-lo mais soltinho. Todo esse processo faz com que remove o iodo natural, que é adicionado com a inserção de iodato de potássio, pois é obrigatório por lei no Brasil ter iodo no sal de cozinha. A intenção desta lei é prevenir o bócio, uma doença que ocorre na tireoide e está relacionada à diminuição ou ausência de iodo no organismo.

  • SAL GROSSO

O sal grosso não passa por um processo de refinação como o sal fino, ele é obtido pela extração mineral ou através da concentração e secagem de água do mar. Por esse fato possui cristais maiores típicos do sal grosso. O sal grosso normalmente não possui aditivos químicos. É provável conseguir sal grosso através da sucessiva recristalização do sal refinado. O sal grosso deve ser consumido com precauções, pois, ele pode ser bem mais perigoso quanto o sal refinado!

E ai, aprendeu um pouco mais sobre eles? Um beijão, até o próxima Teoria. E quem sabe nos encontramos em outras categorias!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *